CIRURGIA DE CATARATA

A catarata e um processo de opacificação do cristalino, que é uma lente natural dos olhos localizada atrás da íris. Essa lente (cristalino) é normalmente clara e transparente. Com o aparecimento da catarata, ela se torna opaca e impede a passagem dos raios luminosos que formam a imagem no fundo do olho. O único tratamento eficaz para a catarata é a cirurgia, não existindo colírios ou óculos que eliminem a doença. 

CIRURGIA DE RETINA

É uma cirurgia para retirar o gel transparente que preenche o fundo do olho (vítreo). É indicada para portadores de descolamento de retina, hemorragia do fundo do olho (hemorragia vítrea), buraco macular, membrana epirretiniana, retinopatia causada pelo diabetes, complicações de cirurgia da catarata, trauma ocular, corpo estranho intraocular, dentre outros.

CIRURGIA DE GLAUCOMA

Trata-se de uma cirurgia dos olhos que tem como objetivo a drenagem e a diminuição da pressão intra-ocular (principal sintoma do glaucoma), evitando assim lesões graves ao nervo óptico. Também temos, em alguns casos, a necessidade de implantes de tubos de drenagem para acelerar o processo de perda ou diminuição da pressão intra-ocular. 

PLÁSTICA OCULAR

A cirurgia Plástica Ocular é uma área especializada da oftalmologia que se dedica a cuidar das alterações e deformidades das pálpebras, do sistema lacrimal, da órbita (cavidade óssea que circunda o olho). A subespecialidade está voltada não somente à estética ocular como também ao bom funcionamento do olho. 

BLEFAROPLASTIA

Para fins estéticos ou funcionais, a blefaroplastia promove o rejuvenescimento na área dos olhos, eliminando o excesso de pele das pálpebras que acaba prejudicando a visão por que corrige a ptose da pálpebra superior (queda de pele) e elimina bolsas de gordura localizadas na pálpebra inferior.

TRAUMA OCULAR

Os sintomas do trauma dependem de que parte do olho foi afetado. Varia desde apenas sensação de irritação e olho vermelho, até dor e baixa de visão. Qualquer trauma que envolveu o olho merece ser examinado por um oftalmologista. O tratamento depende das lesões e pode ser realizado com colírios para desinflamar o olho ou até mesmo cirurgia, nos casos mais graves. Muitas vezes é necessário acompanhar o paciente e re-examinar até que a lesão cure.

PTERÍGIO

O pterígio é uma massa ou “carne” fibrovascular da conjuntiva de forma triangular que se estende do ângulo interno (nasal) do olho em direção à córnea. Geralmente é causado pela inflamação crônica e pelos raios ultra violeta. Não é infeccioso e geralmente não afeta a visão, mas pode inflamar e incomodar os pacientes. Pode ser tratado através de remoção cirúrgica, mas existe risco de voltar, especialmente em pacientes jovens. Converse com teu médico e entenda os riscos e benefícios da cirurgia.

 
 
 
 
 
 
 

© 2019 Centro Médico da Visão

Todos os direitos reservados

Siga-nos